Marrocos || Hospital marroquino

by - novembro 29, 2018


Vamos continuar com posts acerca de um país quente, sim? Tudo para tentar combater que o frio que se faz sentir por aqui.

A semana que estive em Marrocos foi repleta de aventuras e uma delas foi a ida ao hospital de Saïdia. Não por mim, mas porque uma das amigas logo no iníco das férias começou a sentir muitas dores abdominais e começámos a ficar preocupadas. Chamámos o enfermeiro do resort e ele recomendou que fossemos ao hospital.

Não se passava nada no hospital, pelo menos à hora em que fomos e isso ajudou no atendimento pois fomos as primeiras. O representante do operador turístico com quem reservámos a viagem também nos acompanhou (vantagens de comprar certas viagens através de agências e operadores) e encaminhava-nos para onde tínhamos de ir.


O médico chegou, entrámos no gabinete e como ele não era muito bom a francês eu servi de tradutora en inglês entre a minha amiga e ele. Após algumas perguntas e sentir a zona abdominal, disse-nos para irmos à enfermaria pois a minha amiga ia levar duas injecções. Em nenhum momento ele disse o que pensava ser.

As duas enfermeiras que estavam a tratar da minha amiga eram super simpáticas e enquanto estavam a fazer o seu trabalho, conversaram um pouco connosco. Dentro deste gabinete, o representante do operador turístico já não estava connosco pois não podia entrar. Religião árabe e está tudo dito.


Voltámos ao gabinete do médico e ele escreveu numa folha branca, sem ser timbrada, meia dúzia de coisas e depois disse "agora vão à farmácia comprar isto e tomar conforme está aqui dito". Mais uma vez, não disse o que poderia ser. Só mais tarde, já no hotel, encontrámos um dos animadores que aparentemente é enfermeiro em Agadir quando este resort está fechado (é um resort sazonal), e então lá nos explicou para que serviam os medicamentos que a minha amiga tinha de tomar. Felizmente, ao fim de uns dias ela começou a sentir-se melhor. 

Confesso que a ideia de ir a um hospital marroquino me estava a agradar pela experiência e por não saber bem o que ia encontrar mas quando cheguei percebi que ando a ver muitos filmes e não encontrei um hospital confuso e mal-cheiroso. Ao contrário do que eu esperava, o hospital local de Saïdia foi construído quando o destino começou a ser mais turístico por isso, sempre que há turistas que precisam de assistência é para ali que eles vão. No entanto, os habitantes também têm acesso a ele. Era um hospital limpo e pareceu-me organizado pelo pouco que vi. Mas vá, um dia quero mesmo ver um verdadeiro hospital marroquino.

Também Podes Gostar De

0 coments