Q&A: A minha vinda para a Islândia

by - novembro 26, 2018


Desde que cheguei à Islândia que tenho recebido imensas perguntas acerca da minha vinda para a Islândia e, embora eu responda sempre, achei que seria boa ideia partilhar com vocês pois nem todos têm coragem de perguntar mas estão cheios de curiosidade. Vamos lá?

1. Foste sozinha? - Sim, eu vim sozinha. Houve duas alturas deste ano em que julguei que podia haver a possibilidade de vir acompanhada mas isso acabou por não acontecer.

2. Foste com emprego e casa? - Vim com tudo tratado. De outra maneira acho que não viria para a Islândia. Se eu tivesse de emigrar sem emprego e sem casa, optaria por um país onde tivesse amigos ou familiares que me pudessem ajudar. Como na Islândia eu não conhecia ninguém, pareceu-me prudente.

3. Como arranjas-te emprego e casa? - Eu vim dentro do programa de Ano Sabático - Viajar & Trabalhar (será tema para outro post) e, por isso, todo o processo de procura de emprego foi com ajuda da equipa em Lisboa e o alojamento foi agilizado com a empresa que me contratou aqui na Islândia mas quando me inscrevi eu disse que queria alojamento incluído no programa.

4. Qual é o teu emprego? - Eu trabalho no Customer Service da Arctic Adventures. A minha função é atender chamadas, responder aos emails, mensagens de facebook e opiniões no tripadvisor e fazer reservas. É um trabalho de backoffice pois não lidamos cara-a-cara com o cliente mas tratamos de tudo que tenha a ver com ele.

5. O que te levou a sair de Portugal? - A experiência, a vontade de querer ter uma melhor qualidade de vida, conseguir juntar dinheiro para poder alcançar objectivos meus e realizar sonhos que tenho que, se ficasse em Portugal, seria mais difícil de concretizar.

6. Como está a ser a adaptação? - É um desafio muito grande viver num país em que a língua oficial é uma totalmente desconhecida. Onde quer que eu vá, normalmente sou abordada em islandês e só depois de eu responder em inglês é que começam a falar comigo em inglês. No entanto, já consigo distinguir algumas palavras quando ouço alguém a falar islandês. Não consigo perceber o assunto mas apanho certas palavras "do ar".

7. Vais aprender islandês? - Eu quero e já sei algumas palavras básicas. Podia não me preocupar em aprender islandês, mas faz sentido para mim uma vez que estou cá a viver e planeio ficar aqui algum tempo. Não é uma língua fácil mas, quem já me ouviu dizer algumas palavras, diz que tenho jeito e vou aprender rápido (pessoas crentes, portanto).

 Se tiverem mais questões, perguntem. 
Eu tenho todo o gosto em responder!

Também Podes Gostar De

2 coments

  1. Estou a adorar ver a tua aventura pela Islândia no Instagram.
    Quais têm sido as maiores dificuldades desde que chegaste aí?
    Quais os maiores impactos culturais entre Portugal e a Islândia?
    O que mais tens gostado desde que aí estás?

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que deve ser um experiência super enriquecedora, foste mesmo corajosa em ir assim sozinha :)
    Beijinho

    ResponderEliminar