Efeito calmante de uma road trip

by - maio 09, 2019


Recentemente tive um casal amigo na Islândia uns dias e, como eu estava de folga, consegui acompanhá-los na viagem pela ilha. Como eles são tinham 3 dias, deu para ir à Golden Circle, South Coast e Snæfellsnes Peninsula.

Senti-me uma guia privada pois fui eu que desenhei os itinerários e acompanhei-os dando a conhecer os pontos principais das três zonas que referi acima. Foram dias longos, foram muitas horas de viagem e eu acabei por conduzir também. Se um dia planearem vir à Islândia, estejam sempre prontos para ir para o volante. Se só uma pessoa ficar responsável por essa tarefa é muito, mas mesmo muito, cansativo e assim, se tiverem alguém que não se importa de conduzir durante umas horas para a outra poder descansar, é o ideal.

Na maior parte das horas que eu conduzi, os meus amigos iam a dormir e isso deu para pensar em tudo e em nada. Acredito que isto vos aconteça e seja fácil vocês entenderem-me. Às vezes estamos tão ocupados com as nossas rotinas, as coisas acontecem mas nós não paramos para analisar e, muitas vezes tomamos decisões impulsivas. Assim, as horas que passamos a conduzir em silêncio servem para alguma coisa. Para pormos as ideias em ordem, para decidirmos sobre algo e até nos surgem novas ideias para projectos. No final, por muito que estejamos cansados, a sensação de liberdade e descontracção é enorme.

O mês de Abril foi agridoce para mim. Basicamente, e pegando no que a minha mãe me disse ontem, fui lançada ao rio e eu tive de arranjar uma maneira de voltar à margem antes de cair da cascata. A pouco e pouco as coisas vão ficando mais estáveis. As horas que passei a conduzir deram para me aperceber com seriedade de tudo o que estava a acontecer e analisar a maneira como eu estava a lidar com isso. Cheguei à conclusão que sou uma mulher de armas e orgulho-me tanto!

Com esta road trip senti-me no sítio certo. Senti que a Islândia é mesmo o melhor para mim. Sinto-me bem aqui mas continuo a ter sonhos que só são possíveis de alcançar noutro país e eu continuo a lutar por eles e acredito que hei-de lá chegar mas a Islândia não é, de todo, um entrave. Pelo contrário, até é uma grande ajuda.

Além de toda a retrospectiva que fiz à minha vida, também me surgiram algumas ideias que pretendo pôr em prática em breve mas, quanto a isto, não posso adiantar muito de momento. A única coisa que posso dizer é que está relacionado com a Islândia, o blog e redes sociais no geral. Surprise, surprise.

Também Podes Gostar De

1 coments